Plantão

Polícia

Acusado de matar os pais a tiros é condenado a mais de 40 anos de prisão

Crime ocorreu em 2009, na Vila Rodrigues, em Passo Fundo. Homem de 51 anos matou os pais com o intuito de herdar os bens das vítimas, conforme denúncia do Ministério Público

Lázaro Geraldo Eckert Macedo, de 51 anos, foi condenado a 40 anos e 10 meses de prisão na terça-feira (19), durante julgamento do Tribunal do Júri na Comarca de Passo Fundo.

Ele matou os pais a tiros em 2009, em Passo Fundo. Jader Moacyr Macedo, com 78 anos, e Edith Maria Eckert, 73 anos, foram mortos em com tiros disparados pelas costas. Lázaro respondia por homicídio duplamente qualificado - à traição e por motivo torpe, duas vezes.

A sessão teve início às 9h. Depois de mais de 12 horas de julgamento, a juíza de direito Lisiane Marques Pires Sasso, que presidiu o júri, proferiu a sentença. Ela fixou a pena de 40 anos e 10 de meses de reclusão, em regime inicial fechado.

A magistrada decretou ainda a prisão preventiva do réu:

"A imediata segregação do réu se revela necessária como forma de garantir a ordem pública e aplicação da lei penal, considerando-se a pena imposta e o clamor público que ainda se verifica presente, já que, mesmo decorridos mais de nove anos do fato, tivemos nesta data vasta cobertura do julgamento pela imprensa e uma assistência permanente em plenário. Não se pode olvidar que o parricídio é o crime que causa maior comoção e repúdio social, na medida em que viola os princípios mais basilares da humanidade, já que rompe com seu instinto de preservação."

Denúncia

No dia 18 de abril de 2009, conforme a denúncia do Ministério Público (MP), Lázaro foi até a casa dos pais na Vila Rodrigues. Ali, primeiro, matou Jader com dois tiros nas costas. O réu seguiu no local até a chegada da mãe, que voltava do mercado. Enquanto ela se dirigia à cozinha, o filho a atingiu com um disparo.

A promotoria sustentou que o réu estaria endividado à época, e teria matado as vítimas com o intuito de herdar e administrar os bens dos pais. A sentença de pronúncia - decisão que leva o réu a júri popular -, foi proferida pela mesma iuíza, em novembro de 2015.

Após o julgamento, o condenado foi levado ao Presídio Regional de Passo Fundo (PRPF), onde cumprirá pena.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027