Polícia

Acidente com caminhões matam 28 pessoas em Passo Fundo, aponta levantamento

Autor: Vinicius Coimbra
Acidente com caminhões matam 28 pessoas em Passo Fundo, aponta levantamento
Foto: Vinicius Coimbra/DM

Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran) divulgou balanço dos acidentes registrados nas rodovias que cortam o município entre 2014 e 2017

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran) divulgou um balanço dos acidentes de trânsito que envolveram caminhões nas estradas do Rio Grande do Sul entre 2014 e 2017. No período, foram registrados 1.531 casos. Passo Fundo ficou no segundo lugar no ranking de acidentes com morte nas rodovias federais e estaduais do Estado. Foram, ao todo, 28 mortes: 12 na BR 285; 8 na ERS 324; 5 na ERS 135 e 3 na ERS 153. Os dados foram apresentados pelo Detran na 20ª edição da Transposul - Feira e Congresso de Transporte e Logística.

O município só perde para Pelotas nesse índice. O município do Sul do Estado registrou 29 mortes entre 2014 e 2017. O chefe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Passo Fundo, Rodrigo Calegari, afirma que o fluxo intenso de caminhões na Região pode ser uma das causas do número de mortes. “A BR 285 é uma rota internacional. Tem um fluxo de caminhões que saem do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e que vão para a Argentina, para o Chile e acabam cruzando pelas nossas rodovias”, disse.

Calegari afirma que 90% dos acidentes são causados por imprudência, negligência ou imperícia dos envolvidos, mas que nem sempre aqueles que conduzem os caminhões são os responsáveis. “Muitos envolvidos são veículos pequenos, que acabam causando acidente. Por envolver caminhões, não quer dizer que a culpa seja exclusiva do motorista profissional. Em vários acidentes, a culpa não era do caminhoneiro”, explica.

Outros dados

Entre os anos de 2014 a 2017, o Rio Grande do Sul registrou uma redução de 22,7% nos acidentes com morte envolvendo caminhões. O número passou de 437 acidentes em 2014, para 338 em 2017. O registro de vítimas fatais também caiu de 509 em 2014, para 395 em 2017.

Do total de acidentes no período de quatro anos (1.531), 899 foram colisões frontais ou traseiras (58,7%). A estatística está associada a comportamentos de risco tais como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e falta de distância de segurança. Considerando a participação das vítimas, do total de 1.792 mortes, 782 foram de condutores dos veículos envolvidos - não necessariamente dos caminhões – (43,6%), 356 eram passageiros desses veículos (19,9%), 334 eram motociclistas (18,6%). Outros 203 pedestres morreram (11,3%).

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027