Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Polícia

“Se alguém errou, que pague pelo erro”, diz presidente do HSVP

Autor: Vinicius Coimbra
“Se alguém errou, que pague pelo erro”, diz presidente do HSVP
Foto: Vinicius Coimbra/DM

Décio Ramos de Lima respondeu questionamentos sobre as recentes investigações no Hospital São Vicente de Paulo

O presidente do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), Décio Ramos de Lima, posicionou-se sobre as recentes operações da Polícia Federal na instituição, durante a tarde de terça-feira (15).
 

DM - Qual o posicionamento do HSVP sobre as operações da Polícia Federal?

Nós defendemos plenamente. Achamos que se existe erro, se alguém errou, que pague pelo erro. Temos certeza que isso será esclarecido. O que não podemos é penalizar uma instituição que vai completar 100 anos, uma das instituições mais importantes da saúde do interior do estado. Há 100 anos vem atendendo a população de mais de 400 municípios, que temos serviço de alto nível perante a saúde do Rio Grande do Sul e que atende mais de 70% SUS.

Imagina se acontecesse alguma coisa com o hospital, seria uma calamidade. Quem atenderia esse povo que precisa de atendimentos? Temos um corpo clínico excelente, mais de 3.600 funcionários em todas as áreas. Somos uma das instituições mais importantes do interior, reconhecida por diversos levantamentos. Passo Fundo é um polo de saúde e muito se deve ao HSVP.

DM - Como o senhor responde a pessoas que olham com desconfiança o trabalho do Hospital devido às operações da PF?

Eu respondo da seguinte forma: em qualquer lugar do mundo, em qualquer parte da sociedade, existe a grande maioria das pessoas que trabalham corretamente, e poderá ter alguém que não faça isso. Não é por causa de algumas pessoas que nós vamos penalizar e punir uma instituição que há 100 anos vem prestando o melhor serviço. Quero dizer que estamos tão apreensivos quanto a nossa população. Queremos prestar todos os esclarecimentos, damos todo o apoio à Polícia Federal, ao Ministério Público, à Justiça, para que, se, por ventura, alguém está destoando da orientação do nosso hospital, que pague pelos erros, que seja punido e que o Hospital continue a sua trajetória.

DM – Qual é o posicionamento do hospital sobre os profissionais investigados?

Estamos aguardando. Nós, tanto quanto a própria população, estamos surpresos com isso que está sendo averiguado pela PF, pelo MPF. Se soubéssemos de qualquer tipo de atitude não compatível com a moral e com a ética, com certeza, teríamos tomado decisões. Aguardamos ansiosamente que a polícia conclua o seu trabalho, para que a Justiça se pronuncie, para que possamos tomar as devidas providências.

DM – O que mais o senhor diria à sociedade neste momento?

Temos a certeza que o corpo clínico, os funcionários, os vicentinos, que o hospital, quando tomar conhecimento do que realmente está acontecendo, vai tomar as atitudes que tem que tomar. Muitas pessoas não têm nem a dimensão do que é o hospital. Se o hospital deixasse de atender pelo SUS, seria uma calamidade na nossa cidade, na nossa região. Acreditamos que isso não vai acontecer porque a verdade tem que prevalecer.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027